Brasília: capital-deserto

Dia 14/09. Temperatura máxima de 31,3 °C. Umidade do ar de 19%. Precipitação 0 mm. 111 dias (~4 meses) sem chuva. 17 focos de incêndio.

Esse foi o dia mais quente do ano em Brasília. 1 °C a mais que a maior temperatura registrada em março. E a previsão para os próximos dias é bem parecida, infelizmente. Sem previsão de chuva para as próximas 2 semanas.

Junte-se a isso a pior qualidade do ar do país, segundo dados do IBGE mostrados no Correio Braziliense.

É ou não clima de deserto? Estamos sofrendo ou não mudanças climáticas?

Mas, há um lado bom: daqui a pouco, ao invés de 1 milhão de automóveis, teremos 1 milhão de camelos. Eles causam menor impacto ambiental!