Mercy For Animals lança programa “Alimentação Consciente Brasil”!

A forma como a população se alimenta é determinante para o meio ambiente e para a saúde pública. O alto consumo de carne hoje é responsável direto por vários dos maiores desastres ambientais do planeta e também por um considerável aumento no risco de desenvolver as principais doenças que promovem a morte precoce em seres humanos, como câncer, diabetes e problemas cardíacos.

Analisando a questão, vemos que grandes instituições públicas e privadas, como escolas, universidades, empresas, hospitais, restaurantes, entre outros, são responsáveis por grande parte da alimentação de dezenas de milhões de brasileiros, todos os dias.

Atenta a essa questão, a Mercy For Animals anuncia o Alimentação Consciente Brasil, um programa sem fins lucrativos que tem o objetivo de promover um sistema de alimentação mais saudável, sustentável e econômico nessas instituições.

Trabalhamos junto a profissionais do setor de alimentação e chefs de todo o país para incorporarmos aos cardápios de refeitórios e restaurantes saborosas e nutritivas opções sem carne – uma mudança que promove saúde, protege o meio ambiente, e pode salvar a vida de milhões de animais.

custo-beneficio-6.jpg

Tendência global

Governos e instituições no mundo todo vêm reconhecendo o enorme impacto positivo que a substituição do consumo de proteína animal por proteínas vegetais proporciona em termos de saúde humana e ambiental. Os programas de redução do consumo de carne já são uma realidade em diversos países, inclusive Brasil.

Um bom exemplo no exterior é o governo chinês, que anunciou em 2016 um plano para reduzir em 50% o consumo de carne do país. Na Alemanha e nos Estados Unidos, diversas empresas, escolas e hospitais já reformularam os seus cardápios e substituíram parte da carne por nutritivas e saborosas fontes de proteína não-animal.

No Brasil, um dos maiores exemplos é a rede escolar pública de São Paulo (municipal e estadual), que anunciou a substituição da carne por outras fontes de proteína vegetal uma vez por semana.

Como funciona o Alimentação Consciente Brasil?

A nossa equipe oferece, sem custo, consultoria de cardápio com nutricionistas e chefs especializados no assunto, receitas, material de comunicação, treinamentos, e todo o apoio que for necessário para que a mudança seja implantada com sucesso!

Quer aplicar o programa na sua instituição?

Entre em contato conosco pelo email info ou preencha o formulário disponível no nosso site www.alimentacaoconsciente.org para receber mais informações! Ficaremos felizes com o seu contato.

Fonte: http://www.escolhaveg.com.br/mfa-lanca-importante-programa-acb

BOICOTE – Filme “Quatro Vidas de Um Cachorro”

A quem se importa com a causa animal…

Aliás, não só este, mas muitos filmes com animais devem ter esse problema, creio eu.
Até quando ainda serão explorados por nós, seres ditos mais inteligentes?

Vídeo de cão sendo forçado a entrar na água em set de filme gera protestos

Do UOL, em São Paulo

Um vídeo dos bastidores do filme “Quatro Vidas de Um Cachorro”, que chega aos cinemas na próxima quinta-feira (26), gerou protestos de ativistas por causa do tratamento dado a um animal durante as filmagens.
As imagens, feitas em novembro de 2015 no Canadá e divulgadas pelo site TMZ, mostram um adestrador aparentemente forçando um pastor alemão a entrar em um tanque com águas turbulentas. Mesmo assustado e se recusando a entrar na água, o cão, chamado Hercules, é colocado pelo homem para dentro do reservatório.
A Peta (People for the Ethical Treatment of Animals), entidade que defende tratamento ético aos animais, pediu boicote ao filme. “A Peta pede que os amantes de cachorros boicotem o filme para que seja enviada a mensagem de que os animais devem receber tratamento humanitário”.

Diretor incomodado

Em um primeiro momento foi divulgada a informação de que o diretor do filme, Lasse Hallström, havia participado de todas as filmagens, mas logo depois ele emitiu um comunicado reprovando as cenas e dizendo que não tinha o conhecimento de que aquilo tinha acontecido.

“Estou muito incomodado com o vídeo divulgado do set de ‘Quatro Vidas de Um Cachorro’. Eu não testemunhei essas ações, que são inaceitáveis e não deveriam nunca acontecer sob meu conhecimento. Me prometeram que uma investigação completa dessa situação está em andamento e que qualquer irregularidade será relatada e punida”, disse o diretor.

A Amblin Partners e a Universal Pictures, as empresas por trás da produção, se comprometeram em analisar as imagens. Josh Gad, ator responsável por dar voz ao cachorro, também disse estar abalado. “Triste por ver qualquer animal colocado em situação contra a sua vontade”.

De acordo com o Buzzfeed, o treinador que aparece no vídeo foi demitido. Nas imagens é possível ouvir uma outra treinadora chamando pelo cão, enquanto o homem que faz as imagens diz que “pelo menos a água é quente”.

No filme, baseado no best-seller de W. Bruce Cameron, um cão morre e reencarna diversas vezes. Embora conheça novas pessoas e viva novas aventuras, ele sonha em encontrar seu primeiro dono, que foi seu maior amigo. No trailer da produção, há uma cena em que um pastor alemão é parceiro de um policial e tenta tirar uma pessoa da água.

Fonte: http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2017/01/19/video-mostra-cao-sendo-forcado-a-entrar-na-agua-em-set-de-novo-filme-veja.htm

[Brasília]: BRASÍLIA AGROECOLÓGICA 2017


“Agroecologia na Transformação dos Sistemas Agroalimentares na América Latina:
Memórias, Saberes e Caminhos para o Bem Viver”

PRIMEIRA CONVOCATÓRIA
A cidade de Brasília localizada no Distrito Federal, Brasil, abrigará, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, entre os dias 12 a 15 de setembro de 2017 o VI Congresso Latino-Americano de Agroecologia, o X Congresso Brasileiro de Agroecologia e o V Seminário de Agroecologia do Distrito Federal e Entorno. Espera-se aproximadamente 5.000 pessoas, tais como cientistas das mais diversas áreas do conhecimento, estudantes, agricultoras(es) e população rural em geral, movimentos sociais, comunidades tradicionais, indígenas e população urbana, de vários países da América Latina, bem como de outras regiões.
O evento ocorrerá durante a semana do cerrado e contará com extensa programação técnico-científica e feira construídas com base na temática central do congresso. Esta é a primeira vez que o Congresso Brasileiro de Agroecologia e o Congresso Latino Americano de Agroecologia serão organizados na região Centro Oeste do Brasil e objetiva-se contribuir para a discussão dos problemas e potenciais da região.
Nos dias 10 e 11 de setembro de 2017, será realizado o curso pré-congresso da Sociedade Científica Latino Americana de Agroecologia (SOCLA), com a presença de grandes especialistas na temática da Agroecologia de todas as partes do mundo.

A temática central e os objetivos do evento
O tema central e comum dos eventos é “Agroecologia na Transformação dos Sistemas Agroalimentares na América Latina: Memórias, Saberes e Caminhos para o Bem Viver”. O tema foi definido a partir de um processo participativo e resgata a importância da Agroecologia na transformação dos sistemas agroalimentares no mundo a partir do reconhecimento da memória biocultural, dos saberes e da contribuição histórica dos povos latino americanos para os sistemas agroalimentares mundiais. O tema permite-nos olhar o passado, onde estamos e quais os possíveis caminhos a seguir para construir o Bem Viver entre os países na América Latina e entre os povos do mundo.
O Congresso tem como objetivos difundir os princípios da agroecologia; potencializar os processos participativos e de amplo diálogo entre sociedade civil, academia e poder público; fortalecer as redes e teias de agroecologia; dar visibilidade às experiências agroecológicas da América Latina; contribuir na construção do conhecimento de base agroecológica e para os avanços teóricos, práticos e políticos no campo da Agroecologia.

Informações importantes
A página web encontra-se em construção e para atualizações informar-se pelo facebook:
https://www.facebook.com/agroecologiadf/