Telhado verde: o planeta e a população agradecem


Lugar de planta não é apenas dentro de casa, na varanda ou no quintal. Um belo jardim também pode ser cultivado no telhado. A proposta, que já é antiga em países como a Alemanha, começa a se expandir no Brasil, deixando as ruas das cidades com um aspecto agradável e com a cor da bandeira da pátria.

A ideia é substituir as telhas pelo verde, o que traz vantagens tanto para o morador quanto para o planeta. Segundo o engenheiro agrônomo e presidente da Associação Telhado Verde, João Manoel Feijó, o jardim no teto aumenta o conforto térmico. “As plantas fazem transpiração, evitando retenção de calor e deixando a temperatura agradável dentro de casa”, explica. Segundo ele, o ecotelhado também evita a utilização do ar condicionado, o que significa uma economia de até 40% de energia.

O teto verde também ajuda na qualidade de vida da população. Passear por uma rua onde os prédios e casas têm jardins nos telhados é muito mais agradável. “O urbanismo moderno não admite uma cidade cinzenta. O verde permite o desenvolvimento da vida das pessoas, plantas e animais, como os pássaros”, afirma Feijó.

Mas as ideias não pararam nos telhados. Outras propostas já surgiram, como o jardim em paredes, fachadas e tetos de ônibus.

Anúncios